fbpx

Blog

Para entender mais sobre Inner Skills – ENTREVISTA

O professor e palestrante especialista em mudanças e comportamento protagonista, Marcelo de Elias é um dos pioneiros em pesquisas e em elaborar conceitos, metodologias, conteúdos e palestras sobre Inner Skills, as tais habilidades internas.

Provavelmente é um dos professores que mais vem abordando esse assunto em entrevistas, programas de TV, sites especializados, artigos e eventos. Em junho de 2022, Marcelo de Elias apresentou uma palestra sobre esse tema no auditório principal do CBTD, o Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento.

Ele também costuma ser abordado por jornalistas e demais órgãos de imprensa para responder questões sobre as Inner Skills, já que esse é um assunto bastante novo e que ainda desperta muita curiosidade.

A entrevista abaixo é uma das que ele concedeu recentemente a convite de uma jornalista que produz matérias para revistas e newsletters empresariais.

É um bom caminho para entender mais sobre as habilidades internas

O que são exatamente Inner Skills? Posso dizer que o conceito de Inner skills relaciona-se a habilidades interiores ou intrapessoais?

Exatamente isso. As Inner Skills podem ser chamadas de habilidades internas, intrínsecas, interiores ou intrapessoais. Além disso, alguns autores já as chamaram de outros nomes, como Deep Skills ou Power Skills.

Eu costumo explicar que elas são habilidades que servem como vetores de potencialização para outras habilidades e que dependem intrinsecamente de cada pessoa. Elas podem interagir com o ambiente exterior e com outros indivíduos, mas, em última instância, não dependem desses fatores para sua existência. Relacionam-se com a maneira que interpretamos, atuamos e administramos os nossos eventos internos a partir da consciência, propósito e visão.

Elas servem de alicerce sobre o qual se constrói os relacionamentos interpessoais e, por isso, têm o potencial de impulsionar as Soft Skills e podem contribuir para a prática aprimorada de algumas Hard Skills.

Posso comparar a algo que a gente chamava de pontos forte ou fracos de uma pessoa?

Quando falamos de quaisquer habilidades, sejam elas Hard, Soft ou Inner Skills, é comum pensarmos em quais delas temos mais potência de execução, ou seja, quais são nossos pontos fortes. Da mesma forma, é interessante identificarmos em quais delas precisamos nos desenvolver.

Isso não significa que a palavra Inner Skill seja sinônimo de pontos fortes e fracos, mas, vale ressaltar que, compreendendo que as habilidades internas são potentes impulsionadoras de nossas demais habilidades, vale a pena fazer um autodiagnóstico sobre as principais Inner Skills e identificar em quais delas estamos indo bem e em quais temos que dedicar tempo e energia em melhorar.

Fica mais claro se pensarmos em exemplos.

Algumas Inner Skills que podemos destacar é a concentração, autoconsciência, equilíbrio e energia pessoal. Vale a pena a gente analisar o quanto elas podem ser importantes para nosso desempenho profissional e identificar quais podem ser nossos pontos fortes e pontos fracos.

Assim ficará mais fácil desenvolvê-las.

Vem batendo na porta das corporações como um dos pilares importantes a serem desenvolvidos para união de times, engajamento, alinhamento de propósitos e até na atração de talentos. Por que esse conceito começa a invadir e chamar a atenção das empresas?

É fácil perceber a importância das habilidades intrapessoais quando entendemos que elas servem como canal de ampliação de nossas habilidades profissionais, porém, a verdade é que nem tudo é novidade, pois sempre foi e continuará sendo necessário olhar para dentro de si.

Autoconhecimento e reflexões pessoais sobre propósito de vida e legado devem ser estimuladas para nos tornamos pessoas melhores. Entretanto, como um assunto de interesse das empresas e como ingrediente para a carreira, ainda é algo em expansão.

Apesar desse conceito ser ainda novo no Brasil, as empresas estão percebendo a importância de desenvolver os seus profissionais enquanto indivíduos que precisam desenvolver-se “de dentro para fora”.

É crescente o número de empresas que vem promovendo práticas positivas, na maioria das vezes coletivas, mas que podem impactar individualmente as pessoas.

A atenção à saúde mental dos funcionários, à qualidade de vida e ao projeto de vida dos colaboradores tem sido foco crescente em boas corporações. Algumas empresas também possuem programas de mindfulness, psicologia positiva, espiritualidade, propósito pessoal, autoconhecimento, saúde mental e estão estimulando práticas, dentro ou fora delas, como yoga, meditação, sessões de autoconhecimento, atividades de consciência corporal e terapias individuais e em grupo.

A novidade talvez seja essa: as empresas estão começando a considerar essas habilidades, condutas, princípios, valores e práticas como elementos fortalecedores para o ambiente corporativo, principalmente para as novas gerações de colaboradores, que tendem a ser mais antenados aos assuntos de desenvolvimento pessoal, propósito, singularidade e bem-estar.

De que forma elas impactam na atuação dos times e até nos resultados?

Vamos imaginar uma situação que é comum em empresas. Pense em um profissional que é expert em tecnologia da informação. Talvez sua performance fique prejudicada, não apenas pela ausência de conhecimentos tecnológicos, mas pela falta de concentração para focar naquilo que precisa ser feito. A concentração é uma Inner Skill que, se for bem desenvolvida, irá impulsionar a performance desse profissional. É uma típica situação em que uma Inner Skill fortalece um conjunto de Hard Skills.

A mesma coisa acontece com o profissional que tem dificuldade de trabalhar em equipe, de receber ou dar feedback, de liderar pessoas ou de manter um ambiente equilibrado. É provável que faltem alguns elementos intrínsecos como autoconhecimento, percepção, consciência, entre outros. Essas também são algumas Inner Skills.

Em resumo, suas habilidades intrapessoais e interpessoais estão profundamente conectadas. Ambas têm forte contribuição para sua inteligência emocional e sua capacidade de comunicar suas necessidades, objetivos e ideias eficazmente para outras pessoas. Sabemos que suas habilidades sociais são vitais para o trabalho em equipe, colaboração, liderança e influência, mas você não pode extrair a maior potencialidade dessas qualidades até desenvolver boas habilidades intrapessoais.

Podemos afirmar que o verdadeiro potencial das habilidades intrapessoais se expandirá quando exercitarmos e compreendemos nossa autoliderança e maestria pessoal.

E, inevitavelmente, tudo isso impactará nos resultados da empresa.

Como habilidades intrapessoais podem ser trabalhadas para que se otimizem. O que fazer para desenvolvê-las?

Olhando para as organizações, é claro que não é fácil para uma empresa desenvolver essas habilidades nas pessoas porque, como todas as demandas intrapessoais, dependem delas mesmas.

Mesmo não existindo uma fórmula única para tais desenvolvimentos, sabe-se que não serão ações coletivas que irão impactar todas as pessoas da mesma maneira e ao mesmo tempo. É provável que tal desenvolvimento requererá ações individualizadas e acompanhamento personalizado por parte das organizações.

É claro que grande parte das Inner Skills são características e práticas pessoais que podem estar naturalmente em nós, seja pelos traços temperamentais, personalidade, valores e crenças.

Para aqueles que já possuem aptidão natural é mais fácil conseguir bons resultados com elas. Para outros exigirá muito mais esforço e dedicação para, ainda assim, alcançar resultados medianos.

Isso não deve ser impeditivo ou justificativa para não buscar o aprimoramento dessas habilidades internas. Quando conseguimos algum avanço, mesmo que pequeno, nas condutas ainda pouco exploradas, isso irá gerar um aprimoramento de performance significativo. É exponencial.

Enquanto indivíduos, temos várias coisas que podemos fazer para desenvolver as Inner Skills em nós e posso citar algumas sugestões para isso.

– Avalie a identifique qual é o seu propósito no mundo. Assim você consegue ter mais clareza sobre as habilidades interpessoais que já tem e outras que terá que desenvolver para cumprir sua missão de vida.

– Coloque-se em primeiro lugar. Não é para ser egoísta, mas sim, estar bem consigo mesmo. Você só consegue ajudar o outro se ajudar-se primeiro. Colocando-se em primeiro lugar, você se torna a força promotora das mudanças que precisa.

– Busque o equilíbrio nas dimensões física, mental, emocional, social e espiritual. Isso ajuda a desenvolver as Inner Skills, pois, assim, terá mais condições de ter gratidão, concentração, percepção e muitas outras habilidades internas que contribuirão com o sucesso e produtividade na sua carreira.

– Tenha abertura e procure o feedback de outras pessoas. Quando está aberto legitimamente a entender o que o outro tem a dizer sobre você, fica mais fácil perceber o que precisa desenvolver em si. Você perceberá que o que precisará ser desenvolvido provavelmente será uma Inner Skill.

– Tenha cuidado com o passado, pois, muitas vezes não desenvolvemos habilidades interiores porque nos resguardamos por conta de situações do passado que não foram positivas. Cuidado para que ele não o limite de tentar novas abordagens por medo, insegurança e apego às velhas certezas.

– Faça meditação, práticas de atenção plena (mindfulness) e exames de consciência. Acredito que esse é um ótimo caminho para você colocar-se em sua própria presença e conseguir mais concentração para o seu dia a dia, além de mais consciência, autoconsciência e percepção das oportunidades.

Entre tantas outras ações.

Por que é importante falar de Inner Skills agora?

Porque o mundo de hoje é bastante diferente de tudo o que vivenciamos. Mudanças rápidas, intensas e disruptivas nos desafiam a buscar novas abordagens para solucionar problemas e inovar. Isso depende plenamente das pessoas e suas capacidades de lidar com as situações caóticas que não são possíveis de ser administradas com facilidade.

Existem duas maneiras principais de tornar as coisas melhores: a primeira delas, e bastante difícil, depende de você buscar melhorar o mundo exterior, suas circunstâncias, seu ambiente e sua empresa. Apesar de não ser impossível, esse caminho é dificultado pelo fato de, nem sempre, esses fatores externos dependerem exclusivamente de nós.

A segunda maneira é buscar melhorar seu mundo interior. Você tem uma enorme influência sobre seus pensamentos, sentimentos, desejos e reações, mas não sobre esses mesmos fatores em outras pessoas.

Isso significa que devemos ignorar o exterior ou resignar-se em relação ao que não depende de nós? Não! Significa apenas que, quando estamos intrinsecamente fortalecidos, teremos mais condições de influenciar o ambiente e agir como um agente de mudanças nas pessoas e nos contextos em que estamos inseridos.

As Inner Skills nos dão mais condições de lidar e liderar os processos do nosso domínio interno.

Essa autoliderança dá condições de minimizarmos os distúrbios e desajustes internos que, se não forem bem administrados, facilmente perturbariam nossa produtividade e a busca de resultados na vida e no trabalho, como, por exemplo, a falta de atenção e foco, reatividade negativa aos eventos externos, falta de percepção, preocupação excessiva, construção de narrativas mentais negativas, entre outros limitadores de performance.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

MARCELO DE ELIAS é mestre em inovação e design com MBAs em Estratégia, Gestão de Pessoas, formação internacional em gestão da mudança em tempos desafiadores e pós-graduado em neurociências. Conteudista especialista em protagonismo e gestão de mudanças, é professor da FGV, FDC e outras escolas de negócios. Escritor e fundador da Universidade da Mudança. Pioneiro no assunto “Inner Skills” no Brasil.

Se deseja saber mais sobre INNER SKILLS acesse: www.innerskills.com.br

Quer saber mais sobre MARCELO DE ELIAS e como ele pode ajudar a sua empresa nos desafios relacionados às mudanças, inovações, liderança e protagonismo pessoal, clique aqui.

Conheça também o portal da Universidade da Mudança

Se quiser saber mais sobre o que fazemos, conheça nosso media-kit

Se desejar um orçamento sem compromisso ou entender mais sobre nossos trabalhos e em que podemos ajudar sua organização, entre em contato com nossa equipe por aqui.


Deprecated: stripos(): Passing null to parameter #1 ($haystack) of type string is deprecated in /home/u369468197/domains/marcelodeelias.com.br/public_html/wp-includes/functions.wp-scripts.php on line 133