Blog

Não feche ciclos, conclua-os!

Você com certeza já se pegou pensando: quando eu vou chegar lá? Por que isso nunca aconteceu comigo? Mas provavelmente nunca tenha parado pra pensar nas amarras que prendem você à muitas coisas que te impedem de mudar e conquistar aquilo que sonha, aquilo que deseja. Muitas vezes o que você quer está tão perto, tão próximo, mas há algo que pesa a sua alçada e te frustra por chegar tão próximo.

O apego por muitas vezes romantizado e distorcido, pode ser um fundamental fator pra que projetos e planos não saiam da forma que gostamos ou nem aconteçam. Se desapegar e se desamarrar é aceitar as etapas da vida que se iniciam mas que também se encerram. Fechar um ciclo não é sinônimo de fracasso, de desistência, mas sim de conclusão. É concluir que de fato você está preparado pra sair da tão famosa e conhecida zona de conforto.
,
Perceba o que de fato não te agrega. Seja capaz de não cair no conformismo substancial e se entregar a passados que não merecem o seu presente. Se o passado não nos dá forma de poder mudá-lo, perceba a vantagem que há em fechar portas pra que comecemos um futuro promissor. Você é fruto da sua história, e assim como os frutos mudam com as estações, você pode amadurecer reconhecendo suas fases.
,

Menu