Blog

Não basta ser independente. O negócio é ser interdependente

Uma das coisas que aprendi com o professor Stephen Covey é o que ele chama de “escala da maturidade” ou “contínuo da maturidade”, onde ele traz para nós os três níveis da maturidade.

O nível mais básico é a dependência. Nesse caso a pessoa pensa que é a outra pessoa que “manda nela” ou que o outro é o responsável pela vida dela, ou seja, é aquele tipo de pessoa que pensa que precisa dos outros para acontecer algo de bom na vida dela. Esse é o “nível do você”. E é um nível muito imaturo, pois você não se torna o protagonista da sua vida e vira a vítima da história dos outros.

O segundo nível é a independência, o qual já é um nível mais maduro do que a dependência, é claro. O nível independente é aquela pessoa que tem o pensamento “eu mando em mim” ou “eu sei o que eu quero” ou ainda “eu sei o que precisa ser feito”. Porém, mesmo o nível da independência sendo o “nível do eu” e mesmo sendo melhor do que o “nível do você”, ele ainda não é o nível mais maduro.

Digo isso porque o mundo é relacional e interdependente. E o que quer dizer isso? Significa que o nível mais avançado da maturidade e que traz mais resultado é o nível da interdependência.

A interdependência é ser aquele tipo de pessoa que sabe o que quer, tem autoconhecimento e autodomínio, mas percebe que terá melhor resultado  juntando-se a outras pessoas. Ou seja, é saber construir resultados sinérgicos, de maneira coletiva e não sozinho. Para você ir mais longe você precisa de adesão de outras pessoas.

Então, além de você ter a independência, você precisa ter a capacidade de se relacionar muito bem, ouvindo e compreendendo os outros e tendo uma mentalidade de abundância. E este é o nível mais avançado da maturidade.

Para saber mais sobre Marcelo de Elias, o fundador e curador da Universidade da Mudança e conhecer as palestras que ele tem à disposição do seu evento, basta entrar neste link.

Mas se você quer assistir trechos de palestras do Marcelo de Elias, aproveite nossa seleção com alguns deles.

Ou quer saber mais sobre mudanças, competências e o mundo VUCA? Então baixe gratuitamente o e-book “As Novas Competências para o Mundo VUCA”.

Menu

Conselhos que todo gestor gostaria de ter recebido antes de aprender errando