Blog

Síndrome do ninho apertado

A Síndrome do Ninho Apertado: quando voar é a única opção

Síndrome do ninho apertado, já ouviu falar? Talvez não.

É só pensar o seguinte, toda vez que tem um pássaro novo no ninho, enquanto ele for pequenininho caberá no ninho tranquilamente. Mas com o tempo ele vai crescendo, o ninho não cresce e se torna um lugar apertado e desconfortável para o pássaro. É nessa hora que ele precisa sair e voar, pois só assim ele descobre outros lugares, outros horizontes e pode construir outro ninho.

Nós também, muitas vezes, passamos pela síndrome do ninho apertado. Por exemplo, se estamos numa empresa, num relacionamento, numa escola ou ambiente onde nos sentimos com uma angústia e um aperto no coração porque sentimos que não é mais o nosso lugar.

Isso significa que a nossa capacidade, nossos planos e ideais estão muito maior do que o ninho. Ou seja, já é hora de voar, de encontrar novos caminhos, um novo local ou até mesmo construir um outro ninho.

Então crie coragem e vá cada vez mais longe e conquiste coisas maiores. Mesmo que isso exija um pouco de dor, de desconforto e renúncia, bata as asas e voe para o novo que é mais adequado à você.

 

Se você quer saber mais sobre Marcelo de Elias, o fundador e curador da Universidade da Mudança, e conhecer as palestras que ele tem à disposição do seu evento, basta entrar neste link.

E temos uma novidade, baixe o E-book “Conselhos que todo gestor gostaria de ter recebido antes de aprender errando“.

Mas se você quer assistir trechos de palestras do Marcelo de Elias, aproveite nossa seleção com alguns deles.

Menu

Conselhos que todo gestor gostaria de ter recebido antes de aprender errando